CARREGANDO

Digite para buscar

Saiba como se prevenir da malha fina

Inconsistência nos valores declarados, tanto em despesas como em rendimentos, levam o contribuinte para a malha fina. Por isso, para te ajudar a se prevenir da malha fina, separamos cinco itens que você deve ficar de olho e verificar na sua declaração do Imposto de Renda antes de enviar à Receita Federal.

prevenir a malha fina
  1. Garantir que todas as fontes de renda do declarante estejam informadas;
  2. Informar corretamente todos os pagamentos e doações efetuados;
  3. Incluir na declaração todas as informações que constam nos informes de rendimentos emitidos pelos bancos;
  4. Lembrar de incluir também rendimentos e despesas de dependentes, caso existam;
  5. Informar corretamente o valor dos bens que o declarante possui. É comum que os contribuintes errem nisto, pois muitos imaginam que devem atualizar o valor de seus imóveis e veículos para o valor de mercado, no entanto, isso não é permitido. O valor dos bens deve ser o custo de aquisição, ou seja, você deve informar o quanto pagou pelo bem, e não quanto ele vale atualmente no mercado.

Em nosso canal no Youtube, o contador e sócio Vicente Sevilha fala sobre diversos assuntos voltados ao Imposto de Renda. No vídeo a seguir, ele dá dicas sobre como se prevenir da malha fina, não perca. Temos também o texto “veja se você caiu na malha fina e como resolver“, para te ajudar a resolver essa pendência com a Receita.