CARREGANDO

Digite para buscar

Veja como fazer a retificação da declaração do IR

Declarações com erros ou omissões levam o contribuinte para a malha fina, que além de deixá-lo com pendências junto à Receita Federal, gera uma série de complicações com empréstimos, financiamentos e até em contas bancárias. Por isso, para evitar cair na malha fina, é preciso fazer a retificação da declaração.

retificação da declaração

A retificação pode ser feita até cinco anos após a entrega, desde que não esteja sob procedimento de fiscalização da Receita. No entanto, apesar da flexibilidade de tempo, a recomendação é que as correções sejam feitas o mais rápido possível, a fim de evitar que a declaração caia na malha fina e o contribuinte seja chamado pelo fisco.

Mas se você precisa fazer a retificação e está pensando que terá que preencher todos os campos novamente, temos uma boa notícia: não precisa! Veja como funciona:

A declaração retificadora é feita no mesmo programa da declaração original. Sendo assim, ao abri-lo, basta clicar na opção “Retificar”, disponível no canto superior esquerdo do programa.

Ao abrir a janela com opções, selecione a declaração que precisa ser retificada e clique em “ok”. Em seguida, basta realizar as alterações que deseja e enviar para a Receita Federal.

Detalhes para ter em mente ao fazer a retificação da declaração

– A declaração retificadora deve conter todas as informações anteriormente declaradas, além das alterações/exclusões necessárias. Lembre que a declaração retificada substituirá integralmente a original.

– A ordem no pagamento da restituição levará em consideração a data de envio da declaração retificadora. Isso porque a Receita faz um novo processamento, o que pode postergar o lote no qual o contribuinte receberá a restituição.

– Se a retificação for feita dentro do prazo de envio da declaração, é permitido alterar o modelo de tributação (deduções legais ou desconto simplificado). No entanto, passado o período de entrega, o contribuinte deverá manter o modelo escolhido inicialmente.

– Não é possível retificar a declaração que estiver retida na malha fina, ou seja, quando convocado pelo fisco. Neste caso, o contribuinte deve aguardar atendimento da Receita Federal.

– Por fim, é importante ficar de olho no momento de preenchimento, pois apesar da possibilidade de retificação, especialistas recomendam evitar excesso de mudanças no documento.

Apesar de ser necessário realizar este processo, a gente sabe que o tempo está cada vez mais corrido, né? Então, que tal preencher e entregar a declaração através de uma plataforma que gera um alerta sempre que você inserir informações que não são pertinentes em suas despesas? A DeclareFacil criou uma plataforma com esses e muitos outros benefícios!


Acesse já nossa plataforma!