CARREGANDO

Digite para buscar

Deduções Legais ou Desconto Simplificado: qual é mais vantajoso?

Chegou o momento de optar por Deduções Legais ou Desconto Simplificado e ainda está na dúvida? Calma, a gente te explica o que cada um significa.

Deduções legais ou desconto simplificado

Nas Deduções Legais, o contribuinte precisa ter todos os recibos em mãos. Essa opção é interessante caso os gastos dedutíveis ultrapassem 20% dos Rendimentos Tributáveis durante o período/ano em que ocorreram as despesas e os pagamentos.

Sendo assim, quem possui gastos mais elevados com saúde, educação, pensão alimentícia, previdência e/ou dependentes pode ter diminuição na base de cálculo, ou seja, a parcela de rendimentos tributada pela Receita Federal pode ser menor, se comparado ao Desconto Simplificado.

Além disso, as Deduções Legais podem ser mais vantajosas para quem deseja compensar imposto pago no exterior e/ou compensar prejuízo da atividade rural de anos-calendário anteriores ou do próprio ano-calendário.

Já o Desconto Simplificado substitui as deduções legais por uma redução fixa de 20% na base de cálculo do imposto, ou seja, todos os Rendimentos Tributáveis são somados e, em cima deste valor de soma, é concedido um desconto de 20%, sendo limitado a R$16.754,34.

Essa opção é interessante para quem não tem os recibos de despesas e/ou não possui gastos dedutíveis elevados, portanto a soma destes é inferior a 20% do Rendimento Tributável.

No programa do IRPF 2019, os valores comparativos estão disponíveis do lado esquerdo da tela, como mostramos a seguir:

Deduções legais ou desconto simplificado
Tela do Programa IRPF 2019. A seta laranja aponta para o campo de comparativo
Deduções legais ou desconto simplificado
Espaço, à esquerda da tela, em que mostra os valores comparativos conforme o preenchimento da declaração

A nossa dica é: fique atento durante o processo de preenchimento da declaração do Imposto de Renda, pois a simulação dos cálculos ajudam a compreender qual opção traz mais vantagem para o contribuinte. E lembre-se, mesmo que a escolha seja pelo Desconto Simplificado, os espaços de pagamentos e doações efetuadas devem ser preenchidas.

Caso essas despesas não sejam informadas corretamente, o contribuinte está sujeito à multa de 20% sobre o valor omitido.

Ah, e não esqueça que o Cesar também está preparado para te ajudar, se precisar, chame clicando aqui.