CARREGANDO

Digite para buscar

Como declarar bem financiado no Imposto de Renda

Você sabia que é preciso declarar bem financiado que não está quitado? O contribuinte que possui financiamento de algum bem, como imóveis e veículos, que não está pago no ano-calendário, deve informá-lo no Imposto de Renda.

declarar bem financiado

Apesar do financiamento significar uma dívida, pois é algo que está sendo pago, ao declarar um bem financiado, o contribuinte deverá informá-lo somente na ficha de “Bens e Direitos”. Em seguida, deverá selecionar o código correspondente ao bem e preencher os campos necessários. No entanto, existem duas situações possíveis neste momento:

Bem comprado em 2018 ou anos anteriores:

Quando um bem é comprado em 2018 ou anos anteriores e em 2019 ainda não está quitado, o contribuinte deverá informar o valor total das prestações pagas em 2018 no campo “Situação em 31/12/2018”. No espaço ao lado, em “Situação em 31/12/2019”, será necessário informar o valor total das prestações pagas naquele ano.

Caso o financiamento tenha sido totalmente quitado em 2019, o preenchimento acontecerá da mesma forma que o explicado acima.

Bem comprado em 2019:

Se o financiamento foi feito em 2019, o campo “Situação em 31/12/2018” deverá ficar zerado. Já em “Situação em 31/12/2019” deverá ser informado o valor total das prestações pagas naquele ano. Este processo vale tanto para o bem que não foi quitado no ano-calendário, como o que tenha sido.

É muito importante o contribuinte ter em mente que, em ambos os casos, ele deverá indicar somente o valor que já está pago do financiamento, e não o valor total do bem. Por exemplo: Carlos comprou um carro de R$50 mil em 2019. No final do ano, ele tinha pago R$20 mil. Portanto, na declaração ele deixará o espaço “Situação em 31/12/2018” em branco, pois o financiamento foi efetuado no ano seguinte. Já em “Situação em 31/12/2019”, ele informará o valor total pago até aquela data, ou seja, os R$20 mil.

Além disso, é necessário o declarante especificar no campo “Discriminação” que o bem é financiado e qual empresa/banco financiou.

Pronto, agora você sabe como declarar bem financiado. Tem mais alguma dúvida que a gente pode te ajudar? Deixa nos comentários!

Ah, lembrando que agora é possível fazer a declaração do Imposto de Renda utilizando a nossa plataforma. Nela, o contribuinte contará com preenchimento inteligente, verificação de dados, análise de caixa, transmissão e acompanhamento da restituição, tudo em um só lugar e de forma prática e segura!


Acesse já nossa plataforma!